Paleo Diet

By fevereiro 8, 2013Nutrição

Paleo Diet - MuscleMass

 
 
Afinal o que é “Paleo”?

Paleo, ou paleolítico, refere-se ao período da nossa existência anterior a invenção da agricultura. Quando comíamos apenas o que vinha da caça e da coleta de alimentos in natura (sem manipulação pelo homem). A Paleo Diet é a dieta à qual nossa espécie está geneticamente adaptada para obtenção dos nutrientes necessários para nossa sobrevivência. Ou seja, estamos adaptados a essa alimentação da mesma forma que estamos geneticamente adaptados a gravidade da Terra, a concentração de oxigênio da nossa atmosfera e a temperatura do nosso planeta. São essas as condições que estavam presentes durante a maior parte da nossa evolução. O que quer dizer que a dieta com a qual evoluímos (Paleo Diet) moldou nossos DNA, logo nosso organismo responde com maior eficiência a ela para realizar as milhares de reações químicas que acontecem à todo segundo em nosso corpo.

Isso quer dizer também que nossa espécie ainda não teve tempo de se adaptar a dieta moderna com base em alimentos processados. Afinal não estamos adaptados nem mesmo a alimentos agrícolas, como estaríamos adaptados a uma alimentação industrial tão recente? Provavelmente seja essa dieta moderna uma das causas da obesidade, bem como a amplificadora do aparecimento precoce de muitas das doenças atuais.

 
Como Funciona a Paleo Diet?

Não existe um único tipo de dieta paleolítica, e sim vários. Nossos ancestrais nômades viajaram pela África antiga, e posteriormente por todos os outros continentes da Terra, comendo aquilo que estava disponível em cada um desses lugares. Eles não abriam a geladeira para preparar o café da manhã, bem como não pensavam “hoje vou comer um T-Bone no almoço”. Nossos ancestrais acordavam e saiam em jejum buscando uma fonte de alimento visando única e exclusivamente a sobrevivência. Podemos dizer também que eles literalmente treinavam em jejum, afinal o esforço que era necessário em uma caçada provavelmente era muito mais intenso do que um treino de musculação de hoje em dia.

Obviamente o tipo de caçada e os alimentos eram diferentes em cada lugar do planeta. Por exemplo: No litoral africado, provavelmente o predomínio era da pesca. Nas savanas africanas, o que imperava era a caça de animais selvagens. Isso nos leva a deduzir que a carne era sempre o prato principal da refeição. Diferente do que acontece hoje em dia onde, principalmente no Brasil, o prato principal é o arroz com feijão (alimentos da era agrícola e com predomínio de carboidratos).

 
Os Complementares da Paleo Diet:

Logicamente o homem paleolítico não comia apenas carne. Ele suplementava a dieta carnívora com vegetais, frutas silvestres e raízes. Porém em cada lugar do planeta a dieta era complementada por alimentos diferentes, afinal o tipo de frutas e vegetais variam muito de acordo com o clima do local.

Por isso podemos afirmar que não existe uma única Paleo Diet, e sim várias. O mais importante é o que todas têm em comum: a ausência de produtos refinados, alimentos processados e grãos.

 
Grãos e Processados na Paleo Diet?

É evidente que alimentos processados como açúcar, refrigerante, doces e enlatados não faziam parte da dieta dos nossos antepassados. Afinal nem tecnologia para isso existia a 30 mil anos atrás. O que é mais difícil de compreender é a ausência dos grãos. “Como assim não comiam grãos? O pão está presente até na Santa Ceia!” Sabemos que o trigo acompanha a civilização a muito tempo, isso é fato. Porém não há tanto tempo assim! Registros científicos apontam que a agricultura surgiu a apenas 10 mil anos, ou seja, são apenas 300 gerações, o que é o mesmo que nada do ponto de vista evolutivo. Esse pouco tempo de adaptação quer dizer que nosso corpo não teve tempo suficiente para se acostumar a alimentação com grãos. Nem precisamos dizer que ingerir comida processada (que existe há cerca de 60 anos) é o mesmo que ir envenenando seu corpo em pequenas doses diárias. Afinal não estamos preparados para ingerir a maioria das substâncias (conservantes, corantes, etc) presentes nesses alimentos modernos.

Assim sendo, mesmo com todas as variações geográficas e culturais, no geral podemos descrever a Paleo Diet assim:

  • Ausência de grãos
  • Ausência de açúcar
  • Ausência de laticínios
  • Ausência de alimentos processados

 
Como Adaptar a Paleo Diet para os Dias Atuais?

A Paleo Diet pode ser adaptada a nossa realidade contemporânea. Afinal, é pouco provável que a maioria de nós aceite comer larvas, ou tenha habilidade para caçar animais selvagens com as próprias mãos (provavelmente os caçados seríamos nós). Por isso adaptar a Paleo Diet é necessário, porém simples! Você precisa ter em mente apenas o que excluir das suas refeições diárias. Como:

  1. Laticínios: existe um grande número de pessoas intolerantes à lactose, o que atesta nosso despreparo evolutivo para lidar com laticínios (após a primeira infância). No entanto, existem pessoas que não apresentam problemas com a ingestão desse tipo de alimento e podem fazer uso (moderado) na composição do seu cardápio Paleo.
  2. Carboidratos: o ponto mais importante e o que diferencia a Paleo Diet das outras dietas é a ingestão de carboidratos. Existem graves problemas associados ao consumo desse macronutriente (comprovados cientificamente), o que atesta também nosso despreparo evolutivo para lidar com esse tipo alimento, que era escasso durante 99,5% da evolução da nossa espécie. O fato de que podemos sintetizar todos os carboidratos de que precisamos a partir de proteínas e triglicerídeos (gordura) só vem a confirmar que “não precisamos ingerir tanto carboidrato” (como acontece hoje), afinal eles não estavam presente em nosso passado paleolítico.

 
Conclusão

A Paleo Diet nada mais é que uma Dieta Low-Carb, porém com restrições a uma variedade maior de alimentos. Pesquisas recentes comprovam que evitar certos tipos de alimento é a chave para uma melhor saúde. E com nosso organismo funcionando de uma maneira mais eficiente, queimamos mais gordura e construimos mais músculos. Se você não tem problemas com lactose, pode adicionar laticínios a sua dieta Paleo (moderadamente). As pesquisas leva-nos a crer que o grande vilão são os carboidratos, principalmente os refinados (pães, massas e doces). Adicionando a esses macronutrientes conservantes e corantes, temos uma poderosa arma contra o nosso corpo. Faça uma experiência, tire da sua dieta os grãos (pão, massa, farinha, ou seja, nada de glúten) e doces em geral, durante algumas semanas! Após esse período você vai notar que eliminou uma grande quantidade de líquidos, que seus músculos estão mais visíveis (queima de gordura), seu tônus muscular está maior, você não tem mais aquela sensação de preguiça após as refeições, seu raciocínio está mais rápido e você voltou a ter aquela disposição de quando tinha apenas 10 anos de idade. Ou seja, você amplificará a saúde geral do seu organismo, vai manter o controle sob seu metabolismo, vai evitar doenças auto-imunes, etc, etc, etc….a lista de benefícios é imensa!

MUSCLEMASS.COM.BR
#TRAINHARD #NOEXCUSES

 
Atenção: É proibida a cópia ou alteração de qualquer texto, ou conteúdo dos sites MuscleMass. A cópia do material presente neste site está sujeita às penalidades do DMCA que podem gerar a exclusão do conteúdo do seu site dos resultados do Google. Caso queira fazer uso do material MuscleMass entre em contato conosco.

Leave a Reply